top of page
  • Foto do escritorDeborah Queiroz

Reforma da rodoviária de Inocência está adiantada com recurso de emenda de Soraya Thronicke

Atualizado: 23 de abr. de 2021


De olho na retomada do turismo em Mato Grosso do Sul, a senadora Soraya Thronicke (PSL) tem procurado desde o início do mandato apresentar emendas voltadas para a realização de obras que melhorem a receptividade dos turistas que visitam o Estado. Esse é o caso dos R$ 675 mil obtidos pela parlamentar para a reforma do Terminal Intermunicipal Rodoviário de Inocência (MS), cuja obra já teve liberados R$ 128,9 mil para o início dos trabalhos no 2º semestre do ano passado e encontra-se adiantada com previsão de entrega no início de 2022.

“Mato Grosso do Sul tem um potencial turístico gigantesco que ainda não foi explorado. Somos um Estado belíssimo, com riquezas naturais inestimáveis, que precisamos valorizar e mostrar ao mundo. É muito importante investir no turismo sul-mato-grossense para o seu pleno desenvolvimento”, destacou Soraya Thronicke, acrescentando que esse projeto é de suma importância para Inocência disponibilizar uma infraestrutura adequada aos turistas que passam pelo município.

A senadora informa que a reforma do Terminal Rodoviário de Inocência contará com equipamentos para acessibilidade, oferecendo mais conforto para as pessoas que se utilizam do local diariamente. “Por ser um lugar onde o fluxo de passageiros vem aumentando ano após ano, precisa apresentar um bom estado. Com essas obras, estamos preservando o aspecto visual da rodoviária, pois é um ponto de referência na cidade, cujo nome foi adotado para homenagear o romance Inocência, de Alfredo de Escragnolle Taunay, o Visconde de Taunay”, lembrou.

MS Certo

Para este ano, a senadora lançou o “Fórum de Integração MS Certo”, que é uma iniciativa da parlamentar e do PSL em Mato Grosso do Sul para debater as demandas prioritárias e políticas públicas nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento, habitação, segurança, mobilidade urbana, esporte/cultura e infraestrutura em todo o Estado.

Até dezembro, serão realizadas reuniões nas cidades-sede das regiões geopolíticas do Estado – Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Paranaíba, Região do Pantanal (Corumbá, Aquidauana e Miranda), Ponta Porã, Naviraí, Ivinhema, São Gabriel do Oeste e Coxim.

O Fórum tem caráter itinerante e conta com a participação de prefeitos, vereadores, lideranças empresariais, além de técnicos e profissionais convidados, com objetivo de levantar informações a respeito das necessidades de cada região, seus municípios e as comunidades.

O projeto também pretende atuar junto à Superintendência de Desenvolvimento da Região Centro-Oeste (Sudeco) e ao Executivo Federal em busca de recursos e parcerias que atendam às demandas dos municípios como o Programa Wi-Fi Brasil do Ministério das Comunicações.

No âmbito do Fórum serão criadas as Rotas da Integração regionais e estimulada a formação da Frente Parceiros da Integração, unindo empresários, artistas, intelectuais, profissionais liberais, órgãos, entidades e instituições para que possam contribuir com campanhas publicitárias de cunho institucional em relação às potencialidades do Estado. ​

25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page